Brasil em crise: como escapar da armadilha da falta de competitividade global?

O país teve uma queda dentro do ranking de competitividade e passa a preocupar muitos

0

A recente publicação do Ranking Mundial de Competitividade, conduzido pelo International Institute for Management Development (IMD) em parceria com o Núcleo de Inovação e Tecnologias Digitais da Fundação Dom Cabral no Brasil, revelou que o Brasil ocupa agora a 62ª posição entre 67 países analisados. Esse estudo é essencial para avaliar como diferentes nações se posicionam em termos de desenvolvimento econômico e bem-estar social sob condições semelhantes.

Apesar de um avanço impressionante na performance econômica, alcançando o 38º lugar, o melhor já registrado nesta categoria, desafios significativos permanecem em áreas como eficiência empresarial e administração governamental. Com índices de 61º e 65º lugares respectivamente nestes quesitos, fica claro que há muito trabalho a ser feito para melhorar a competitividade geral do país.

Como o Brasil Pode Melhorar Sua Posição no Ranking?

brasil
O país caiu no ranking de competitividade. (Fonte: Freepik)

Hugo Tadeu, diretor do Núcleo de Inovação e Tecnologias Digitais da Fundação Dom Cabral e líder da pesquisa no Brasil, destaca a necessidade de um impulso substancial em inovação e tecnologia. Segundo ele, o Brasil sempre figurou entre as piores posições do ranking, e esse desempenho está diretamente atrelado às decisões de investimento tanto do setor público quanto do privado.

CLIQUE AQUI e receba nossas PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Os Principais Obstáculos para a Competitividade Brasileira

Um dos maiores entraves citados no relatório é o elevado custo de capital, exacerbado por um alto gasto público que limita investimentos mais produtivos no país. Além disso, a insegurança jurídica é outro fator que afasta investidores, aumentando o custo e a complexidade de fazer negócios no Brasil. Esse panorama gera um ciclo vicioso que dificulta a abertura e a expansão de empresas no território nacional.

Leia mais: Execução! Suspeitos ligados ao atentado contra Sergio Moro são assassinados em cadeia de SP

O Futuro do Brasil na Competitividade Global

  • Energia Renovável: O Brasil se destaca como o 5º melhor país em termos de energia renovável. É uma área com grande potencial para crescimento e inovação.
  • Foco em Educação: Subfatores como ‘educação em gestão’ e ‘habilidades linguísticas’ posicionam o Brasil na última e penúltima posições, indicando a necessidade urgente de reformas educacionais.
  • Investimento em Tecnologia: Tadeu enfatiza a importância de um maior investimento em ciência e tecnologia, essenciais para o aproveitamento das oportunidades proporcionadas pela energia verde e outros setores inovadores.

Leia mais: Desafio No Congresso! Relações Parlamentares São Desafiam Governo Lula. – Diário de Notícias

Embora a posição atual do Brasil no ranking seja desafiadora, Hugo Tadeu mantém uma visão otimista, acreditando nas oportunidades disponíveis para o país. Ele reitera que a impulsão principal deve vir da inovação, que será o motor capaz de conduzir o Brasil a um futuro mais próspero e competitivo no cenário global.

Leia mais: Oportunidade Única para MEI: Crédito Facilitado e Acesso Rápido em 24 Horas

Veja Também: 14 SALÁRIO DO INSS

14º SALÁRIO do INSS: A VERDADEIRA CHANCE dos APOSENTADOS e PENSIONISTAS! 14º vai ser PAGO? (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extraTenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.