MUDANÇA ESSENCIAL: Prova de Vida do INSS com Novidades a Partir de 2023 – Saiba Mais!

Todos os benefícios ativos do INSS de longa duração precisam da prova de vida anual. Entenda.

0

A prova de vida se tornou um procedimento fundamental para aposentados, pensionistas e todos os que recebem auxílios pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Afinal, é necessário que todos confirmem sua existência para continuar recebendo o seu benefício. 

O propósito do processo é verificar a existência do segurado. Portanto, prevenir possíveis tentativas de fraude e pagamentos indevidos. Antigamente, era necessário que o aposentado se dirigisse pessoalmente à agência bancária responsável pelo pagamento do benefício. Caso contrário, o benefício era suspenso.

No entanto, houve uma mudança substancial na prova de vida. Descubra a seguir as alterações ocorridas na comprovação de vida do INSS em 2023.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA pelo WhatsApp

O que mudou na prova de vida?

Em 2023, graças à implementação da Portaria nº 1.408 pelo INSS, o processo da prova de vida dos segurados passará a ser conduzido diretamente pelo Instituto. Portanto, será efetuado mediante a utilização de informações que serão comparadas com bancos de dados governamentais.

prova de vida 2023
Prova de vida 2023 é digital (Fonte: Edição / Notícias de Última Hora)

O INSS irá coletar esses dados diretamente dos órgãos responsáveis e os comparará com as informações já presentes em sua base de dados. Portanto, os segurados não precisarão mais se dirigir às agências bancárias para efetuar a confirmação presencial de que estão vivos.

Todavia, caso o INSS não consiga realizar a prova de vida, ele entrará em contato. Isso por meio da plataforma do Meu INSS ou central do 135.

Leia mais: Ministra quer PENTE FINO URGENTE DO INSS – Veja as últimas notícias

Caso o segurado não responda a essa notificação dentro do prazo de 60 dias, o INSS tomará a iniciativa mandar um de seus funcionários até a residência do segurado. Portanto, é de extrema importância que os dados de contato e endereço estejam sempre atualizados.

Dados que o INSS usa para realizar a comprovação de vida

Segundo o Governo, serão considerados válidos como comprovação de vida realizada os atos, meios, informações ou base de dados elencados no artigo 2º da Portaria PRES/INSS nº 1.408, de 2 de fevereiro de 2022. Mas que sejam realizados ou atualizados nos 10 meses seguintes ao mês de aniversário da pessoa.

Leia mais: Reajuste previsto para 2024 pode beneficiar aposentados e impactar mercado de crédito consignado

Dados para comprovar a vida

O INSS usará os seguintes dados para fazer a prova de vida;

  • acesso ao aplicativo Meu INSS com o selo ouro ou outros aplicativos e sistemas dos órgãos e entidades públicas que possuam certificação e controle de acesso, no Brasil ou no exterior;
  • realização de empréstimo consignado, efetuado por reconhecimento biométrico;
  • atendimento: a) presencial nas Agências do INSS ou por reconhecimento biométrico nas entidades ou instituições parceiras; b) de perícia médica, por telemedicina ou presencial; e c) no sistema público de saúde ou na rede conveniada;
  • vacinação;
  • cadastro ou recadastramento nos órgãos de trânsito ou segurança pública;
  • atualizações no CADÚNICO, somente quando for efetuada pelo responsável pelo Grupo;
  • votação nas eleições;
  • emissão/renovação de: a) Passaporte; b) Carteira de Motorista; c) Carteira de Trabalho; d) Alistamento Militar; e) Carteira de Identidade; ou f) outros documentos oficiais que necessitem da presença física do usuário ou reconhecimento biométrico;
  • recebimento do pagamento de benefício com reconhecimento biométrico; e
  • declaração de Imposto de Renda, como titular ou dependente.

Veja como fazer o procedimento 

A Prova de Vida digital é feita dentro do aplicativo gov.br. Para isso, usa o recurso de reconhecimento facial.

Leia mais: BPC LOAS: Como funciona e quem tem direito

Ao completar o processo de reconhecimento, o aplicativo confirma sua existência e compartilha essa confirmação com a instituição que administra seus benefícios. Portanto, para efetuar essa operação, veja o passo a passo:

  • Faça o download e abra o aplicativo gov.br;
  • Caso ainda não tenha uma conta gov.br, crie uma;
  • Após efetuar o login no aplicativo, na tela principal, clique em “Serviços” e selecione “Prova de vida”;
  • Na página “Histórico de Prova de vida”, escolha a opção “Prova de vida pendente”;
  • No segmento “Autorização”, clique em “Autorizar”;
  • Siga as orientações para concluir o processo de reconhecimento facial;
  • Uma vez completado o reconhecimento facial com êxito, clique em “OK”;
  • Na página de Autorização, o status da sua Prova de Vida terá atualização para “Autorizado”;
  • Monitore o andamento da Prova de Vida por meio do site da instituição que realiza o pagamento dos seus benefícios;
  • Caso possua dúvidas ou enfrente desafios, entre em contato com o serviço de atendimento da entidade responsável pelo pagamento do seu benefício.

Veja Também:

PROVA de VIDA INSS 2023 – VEJA a LISTA: TODOS PENSARAM que NÃO PRECISAVA mais FAZER em 2023 (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.