CONTRIBUIÇÃO ao INSS para Trabalhadores Autônomos e Informais! COMO FUNCIONA?

Garanta seus direitos previdenciários: entenda as contribuições ao INSS como trabalhador autônomo ou informal, escolha o plano e saiba os benefícios. Contribua e se proteja!

0

A contribuição para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é um dever de todos que exercem alguma atividade remunerada, seja você um trabalhador de carteira assinada, autônomo ou informal. Essa obrigatoriedade também abrange aqueles que possuem seu próprio negócio ou trabalham por conta própria.

Conhecer os detalhes de como realizar essa contribuição é essencial, pois ela influencia diretamente nos benefícios previdenciários futuros, como aposentadoria, auxílio-doença, entre outros. Neste contexto, vamos focar nos nuances que envolvem o trabalhador autônomo e o informal no que tange à contribuição ao INSS.

Quem é obrigado a contribuir com o INSS?

Trabalhadores autônomosprofissionais liberais e microempreendedores individuais (MEI) são considerados contribuintes individuais. Esses profissionais precisam realizar a contribuição mensal com base na receita proveniente de suas atividades. Os percentuais variam, permitindo escolher entre planos que influenciam os tipos de benefício a que terão direito.

VEJA: CALENDÁRIO DE PAGAMENTOS do INSS para Junho de 2024! VEJA QUANDO VOCÊ RECEBE

INSS Implementa Novas Facilidades para o AUXÍLIO-DOENÇA: VEJA as MUDANÇAS:
INSS (Fonte: Reprodução Google)

Como se cadastrar e realizar o pagamento ao INSS?

Para estar em dia com o INSS, o primeiro passo é realizar o cadastro e obter um número de identificação (NIT, PIS ou Pasep). Com esse número em mão, o trabalhador deve gerar a Guia da Previdência Social (GPS) e quitar os valores devidos antes do vencimento. Essa medida garante a cobertura previdenciária e o direito aos diversos benefícios oferecidos pelo sistema de seguridade social brasileiro.

CONFIRA: APOSENTADORIA DO INSS para Pessoas de 55 a 65 Anos? VEJA AGORA:

Qual é o valor mínimo de pagamento como autônomo?

A contribuição do trabalhador autônomo pode ser feita de acordo com três opções principais:

  1. Plano Normal: 20% do salário de contribuição, que varia conforme a renda mensal, mas existe um limite máximo definido pelo INSS.
  2. Plano Simplificado: taxa de 11% sobre o salário mínimo. Essa modalidade é voltada para aqueles que desejam garantir a aposentadoria por idade, renunciando a outros tipos de benefícios por tempo de contribuição.
  3. Plano para Baixa Renda: taxa de 5% sobre o salário mínimo, exclusiva para quem se enquadra nas regras de baixa renda de acordo com critérios do governo.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIA DE ÚLTIMA HORA pelo WhatsApp

Escolher o plano corretamente é crucial, pois influencia diretamente nos direitos previdenciários futuros. Portanto, avalie sua situação financeira e escolha o plano que melhor se adequa às suas necessidades e expectativas de benefícios.

Vantagens da contribuição em dia ao INSS

Manter as contribuições em dia não só garante proteção contra imprevistos como doenças e acidentes, mas também assegura uma aposentadoria tranquila. Além disso, contribuir corretamente proporciona acesso a benefícios como pensão por morte, auxílio-reclusão, salário-maternidade e auxílio-acidente.

VEJA TAMBÉM: PAGAMENTOS DO INSS de JUNHO para Aposentados e Pensionistas! QUANDO vai ser pago?

É importante destacar que a falta de regularidade nos pagamentos pode resultar na perda da qualidade de segurado, impactando diretamente no acesso a esses benefícios. Dessa forma, é vital compreender todas as nuances que envolvem a contribuição ao INSS, especialmente para trabalhadores autônomos e informais, para garantir seus direitos previdenciários no futuro.

Veja também REAJUSTE DO INSS 2024: ENTENDA OS AUMENTOS E OS NOVOS VALORES

REAJUSTE DO INSS 2024: ENTENDA OS AUMENTOS E OS NOVOS VALORES (FONTE/EDIÇÃO: JOÃO FINANCEIRA TV)



Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, assim nos siga em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha então todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias. Então, clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.