Imposto de Renda 2024: Entenda as Novas Regras e Prazos

Acompanhe as novas regras do Imposto de Renda para 2024 e fique por dentro do prazo de declaração e restituição. Declare cedo e evite multas!

0

Com o encerramento recente do prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda de 2024, muitos contribuintes estão de olho nas etapas seguintes, como as datas de restituição e as mudanças nas regras de declaração.

Este ano, além das particularidades locais inflacionadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul, tivemos alterações nas faixas de isenção que beneficiam diretamente milhares de brasileiros.

Em 31 de maio de 2024, já ocorreu o pagamento do primeiro lote das restituições, sendo essa uma data significativa para quem conseguiu declarar antecipadamente.

A Receita Federal incentiva essa prática, ressaltando que a entrega precoce aumenta as chances de o contribuinte receber sua restituição nos primeiros lotes.

Por que é importante entregar a declaração do Imposto de Renda cedo?

Cédulas de Real (Fonte: Reprodução Google)

Entregar sua declaração do Imposto de Renda logo nos primeiros dias do prazo não só garante uma possibilidade maior de ser enquadrado nos primeiros lotes de restituição, como também minimiza riscos de enfrentar problemas com o sistema congestionado nos últimos dias.

Leia mais: Confira como entrar em contato com a João Financeira

Esse cuidado é essencial para evitar o pagamento de multas por atraso na entrega.

Qual a nova faixa de isenção para o IR 2024?

No ano de 2024, o governo federal iniciou uma atualização nas faixas de isenção do Imposto de Renda.

O limite que era de R$ 1.903,98 até 2023, foi reajustado em maio do mesmo ano para R$ 2.112 e novamente aumentado para até R$ 2.824 por mês.

Leia mais: NOVA PROVA DE VIDA do INSS Beneficia Milhões de Brasileiros! VEJA AGORA:

Esta atualização é, portanto, um alívio financeiro significativo para muitos contribuintes, elevando o patamar de isenção para abranger duas vezes o salário mínimo vigente.

Quem está obrigado a declarar o IR em 2024?

Cada ano fiscal traz suas obrigatoriedades específicas e 2024 não é diferente. Precisam prestar contas com o leão:

  • Quem teve rendimentos tributáveis que ultrapassaram R$ 30.639,90;
  • Indivíduos que registraram rendimentos não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte acima de R$ 200 mil;
  • Aqueles que obtiveram receita bruta anual decorrente de atividade rural superior a R$ 153.199,50;

Leia mais: Novo SALÁRIO MÍNIMO em 2025: Entenda as Mudanças!

  • Cidadãos que desejam compensar prejuízos rurais de anos anteriores;
  • Quem teve posse ou propriedade de bens acima de R$ 800 mil até 31 de dezembro de 2023.

Além disso, quem realizou operações em bolsas de valores ou obteve ganho de capital na alienação de bens e optou pela isenção de IR sobre ganho de capital na venda de imóveis residenciais, com subsequente compra de outro imóvel dentro de 180 dias, também deve declarar.

A informação correta e um planejamento adequado são fundamentais para uma declaração de imposto livre de problemas.

Manter-se atualizado sobre as mudanças nas normativas fiscais permite que o contribuinte possa se organizar melhor, evitando surpresas desagradáveis.

Lembre-se: o cumprimento das obrigações fiscais é essencial não apenas para estar em dia com o leão, mas também para garantir direitos e benefícios previstos na legislação tributária.

Veja também: PABLO MARÇAL fala sobre FAKE NEWS

PABLO MARÇAL fala sobre FAKE NEWS: “A própria ANTT ASSUMIU que ocorreram APREENSÕES de CAMINHÕES” (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.