INSS: 4 milhões de aposentados vão precisar FAZER PROCEDIMENTO para não perder o benefício

Saiba mais sobre chamado do INSS para beneficiários realizarem a prova de vida em 2024! Fique atento para não perder seu benefício.

0

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está convocando 4.351.557 aposentados, pensionistas e beneficiários de auxílios de longa duração para realizar a prova de vida.

Esta medida é crucial para continuar recebendo os benefícios sem interrupções. Entenda quem precisa realizar a prova de vida e como realizar a mesma a seguir!

Como Está Funcionando A Prova de Vida do INSS?

INSS: 4 milhões de aposentados vão precisar FAZER PROCEDIMENTO para não perder o benefício
INSS: 4 milhões de aposentados vão precisar FAZER PROCEDIMENTO para não perder o benefício (Fonte: Edição / Jornal JF).

Desde 2023, o processo de comprovação se tornou mais eficiente através do cruzamento de dados com outros órgãos.

Leia mais: NOTÍCIA BOA: Aumento de R$92 Liberado para os Beneficiários do INSS – Veja Detalhes!

No entanto, 4,3 milhões de beneficiários, especificamente aqueles nascidos nos meses de janeiro, fevereiro e março, não foram localizados em nenhuma base de dados. Por isso, estão sendo notificados via aplicativo Meu INSS, telefone 135 ou notificações bancárias.

Caso a média mensal de convocações se mantiver, estima-se que até o final do ano aproximadamente 17 milhões de pessoas poderão vir chamadas para a prova de vida. Este número representa quase metade do total de aposentados e pensionistas do INSS.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Como Realizar a Prova de Vida em 2024?

Beneficiários notificados devem agir rapidamente. A prova de vida pode ser realizada pelo aplicativo ou site Meu INSS, em uma agência bancária ou diretamente em uma agência do INSS.

Caso não seja feita em 60 dias após a notificação, o pagamento do benefício pode ser bloqueado. O INSS diversificou os métodos de comprovação de vida, incluindo:

Leia mais: Atenção: Quanto devo pagar de INSS para receber 2 salários? Confira

  • Acesso ao aplicativo Meu INSS com selo ouro ou outros aplicativos e sistemas públicos certificados;
  • Contratação de empréstimo consignado com reconhecimento biométrico;
  • Atendimento presencial em agências do INSS ou parceiras com reconhecimento biométrico;
  • Realização de perícia médica, seja por telemedicina ou presencialmente;
  • Atendimentos no sistema público de saúde ou em redes conveniadas;
  • Participação em campanhas de vacinação;
  • Cadastro ou recadastramento em órgãos de trânsito ou segurança pública;
  • Atualizações no CadÚnico, votação em eleições, emissão ou renovação de documentos essenciais;
  • Declaração do Imposto de Renda.

Cada ação realizada em uma dessas frentes contribui para um “pacote de informações” que o INSS acumula ao longo do ano. Quando as atividades registradas nas bases de dados forem suficientes, o sistema automaticamente considera a prova de vida realizada.

Prazos e Consequências da Não Comprovação

O INSS tem até 10 meses após o aniversário do titular do benefício para realizar a comprovação de vida através dessas informações. Caso não seja possível, o beneficiário terá um período adicional de 60 dias para cumprir com a exigência.

Leia mais: Atenção: Pagamento Melhor que 14º Salário liberado pela Caixa – Veja quem terá direito

Conforme citado anteriormente, não realizar a prova de vida do INSS dentro desse período pode levar ao bloqueio do benefício. Após o bloqueio, o segurado terá 30 dias para regularizar a situação. Falha em fazê-lo resultará na suspensão do benefício, que após seis meses de inatividade, será cessado permanentemente.

É vital para todos os beneficiários do INSS atenderem a essa convocação, garantindo assim a continuidade do recebimento dos seus benefícios. A proatividade e atenção aos prazos são essenciais para evitar quaisquer inconvenientes ou interrupções nos pagamentos.

Veja Também:

PROVA de VIDA INSS 2024 – LISTA de quem PRECISA FAZER AGORA em FEVEREIRO de 2024 (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extraTenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias. Então clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.