Tragédia em Clínica Estética: Segurança em Xeque

A tragédia que levou Henrique Silva Chagas à morte em uma clínica estética em SP levanta o debate sobre procedimentos estético.

0

Uma tragédia recente em uma clínica estética em São Paulo levantou muitos debates.

A princípio a discussão é sobre a segurança de procedimentos estéticos.

Mas também alcança as qualificações necessárias para realizá-los.

O empresário Henrique Silva Chagas faleceu após se submeter a um peeling de fenol, lançando suspeitas sobre a prática e os protocolos seguidos por esteticistas.

Natália Becker, a dona da clínica e esteticista responsável pelo procedimento, tornou-se foco de investigações policiais.

Além disso, ela e foi atingida por uma onda de críticas pela forma como o caso foi gerido.

A influencer, que já contabiliza mais de 200 mil seguidores em redes sociais, enfrenta agora o escrutínio público e a ira de uma família de luto.

Continue lendo e entenda o caso!

O que aconteceu na clínica que levou à morte de Henrique?

Natalia Becker prestou depoimento à Polícia Civil na tarde de quarta-feira (5) (Fonte: Reprodução/TV Globo)

No dia do incidente, Henrique procurou melhorar sua aparência através do peeling de fenol, um tratamento conhecido por sua eficácia na redução de marcas e cicatrizes.

Leia mais: Telemedicina na Perícia Médica: Avanço e Acessibilidade

No entanto, a falta de uma avaliação médica prévia e um possível despreparo da esteticista em lidar com emergências podem ter sido cruciais para o desfecho fatal.

Qual a importância de regulamentações para procedimentos estéticos?

O Conselho Regional de Medicos de São Paulo (Cremesp) e outras autoridades expressaram preocupação com o aumento de procedimentos estéticos realizados por não médicos.

Leia mais: Derrotas no Congresso: Governo Lula foca em equilíbrio fiscal e estratégia política

Em nota, o Cremesp reiterou que intervenções como o peeling de fenol deveriam ser realizadas exclusivamente por profissionais da área médica.

Uma vez que existem riscos associados aos procedimentos.

Investigações e Consequências Legais

A polícia segue investigando o caso como um possível homicídio, com a esteticista possivelmente encarando acusações de imprudência.

Dessa forma, o equipamento e as substâncias usadas no tratamento foram apreendidos para perícia.

No momento, aguardam-se os resultados dos exames necroscópicos e toxicológicos que podem apontar a causa exata da morte de Henrique.

Enquanto isso, a comunidade e a família de Henrique buscam justiça e clamam por regulações mais rígidas na área estética para impedir que tragédias semelhantes ocorram no futuro.

Leia mais: Libertadores: Clubes Brasileiros Enfrentam Desafios Intensos

Para cobrir os custos do translado do corpo para sua cidade natal, uma vaquinha online foi organizada.

Ressaltando assim o profundo impacto do evento em seus entes queridos.

  • A clínica foi fechada pela vigilância sanitária.
  • Investigações sobre a causa da morte continuam.
  • A comunidade e familiares exigem mudanças nas regulamentações.

Este caso sublinha, portanto, a necessidade imperiosa de vigilância e rigor na aplicação de tratamentos estéticos.

Reforçando, dessa forma, a mensagem de que somente profissionais devidamente treinados e habilitados devem realizar procedimentos que envolvem riscos significativos.

Veja também: LULA libera NOVA LINHA de CRÉDITO CONSIGNADO

INSS: LULA libera NOVA LINHA de CRÉDITO CONSIGNADO – EMPRÉSTIMO EMERGENCIAL LIBERADO! (Fonte: Reprodução João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.