Nova lei impacta os brasileiros e surpreende quem tem conta em banco – Veja como fica o documento de identificação no Brasil

NOVA LEI DO CPF: Veja as mudanças significativas a respeito da utilidade dos documentos de identificação de cada indivíduo.

0

Recentemente foi divulgado detalhes sobre uma nova lei que pretende impactar de forma considerável a vida de muitos cidadãos brasileiros. Absolutamente todos devem estar cientes da mais nova sanção vinda do governo.

Estamos falando sobre a nova lei do CPF, o qual traz mudanças significativas a respeito da utilidade dos documentos de identificação de cada indivíduo.

Deseja saber sobre todos os detalhes da nova lei do CPF? Então continue a leitura aqui conosco, iremos esclarecer todas as suas dúvidas a respeito de um dos assuntos mais pesquisados hoje na internet.

A nova lei do CPF

A nova lei do CPF chega para revolucionar totalmente a forma de identificação de cada pessoa. (Fonte: Reprodução Google)

A partir deste ano de 2024, o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) será ainda mais importante. O mesmo será o único número de identificação da população brasileira em todos os documentos oficiais e para todas as relações com o Estado.

Leia mais: Brasil caiu duas posições no IDH e está pior que países em guerra

Com a mudança, para fazer qualquer tipo de solicitação de serviço público, é necessário informar apenas o CPF. Ou seja, não é mais necessário outros números de identificação, como Registro Geral (RG), PIS e número de carteira de trabalho.

Posteriormente, muitos acabam se perguntando qual é o objetivo para tal mudança. Será abordado logo abaixo essa questão, para que ninguém possua questionamentos sobre o real motivo para a nova lei ser implementada.

CLIQUE AQUI e receba nossas PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp.

Qual o objetivo da lei?

Segundo o próprio governo federal, o grande objetivo da medida é disponibilizar o acesso aos serviços públicos, unindo bancos de dados e permitindo com que o cidadão apresente e possa memorizar apenas um documento.

Leia mais: Governo Federal Investe em 100 Novos Campi dos Institutos Federais!

Além disso, a partir deste ano, o CPF precisará estar presente em novos documentos, assim não tendo a necessidade de criar um novo número, como acontece atualmente com documentos como certidão de nascimento, casamento, óbito e etc.

Por ser o único número de identificação, sem o CPF não será possível pedir certos serviços, inclusive em Embaixadas e Consulados no exterior. Isso tudo deve estar muito bem claro para todos a população brasileira.

Brasileiros no exterior também serão afetados?

Tal medida também afetará consideravelmente brasileiros no exterior. Em outras palavras, quem estiver no exterior sem o CPF, não será possível solicitar alguns, inclusive nas Embaixadas e Consulados no exterior.

Leia mais: O Que Esperar da Bolha de Calor de 45 °C no Brasil

Todos que não tenham o número do CPF, poderão solicitar ou consultar a situação cadastral diretamente no site da Receita Federal, em processo online, sem necessitar do comparecimento físico até o Consulado responsável.

Apesar de não haver relatos concretos de problemas em aberturas de contas em bancos com a nova lei, é sempre válido reforçar o cuidado que todos devem possuir. Por fim, uma determinação do Banco Central autoriza as instituições bancárias a bloquearem contas de clientes com irregularidades no CPF.

A inconsistência em dados e falta de comparecimento em votação podem ser uma das razões para o bloqueio. A medida visa garantir maior segurança e regularidade nas operações bancárias, a recomendação é sempre analisar os dados para não ter problemas.

Veja Também: Bancos pagarão uma fortuna para quem teve poupança

Bancos PAGARÃO UMA Fortuna PARA QUEM TEVE CONTA POUPANÇA?: ÚLTIMA CHAMADA para RECEBER. (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal no YouTube e assista.