Reforma da Previdência: Entenda as NOVAS Regras de Aposentadoria para Professores

Veja o que mudou na aposentadoria para professores por conta da reforma da previdência

0

Inúmeras mudanças na previdência social foram efetuadas com a reforma de 2019, o que ainda hoje causa dúvidas a muitos brasileiros. Um dos setores mais impactados foi o da educação, onde os professores encontram regras específicas para aposentadoria. Com as regras se tornando mais rígidas e nuançadas, é fundamental que esses profissionais estejam bem informados para planejar adequadamente o momento de se aposentar.

Os sistemas online como o simulador da Previdência Social acabam não sendo suficientemente claros sobre as previsões de aumento progressivo nos critérios de idade e pontuação necessários para a aposentadoria, confundindo muitos educadores. Compreender esses meandros é crucial para ter uma aposentadoria confortável e dentro das expectativas.

Quais São as Regras Atuais para a Aposentadoria dos Professores?

professor
Veja o que mudou na aposentadoria para professores. (Fonte: Freepik)

O estatuto da aposentadoria para os professores sofreu adaptações significativas pós-reforma. Antes das mudanças, existiam condições mais amenas para sair da vida ativa. Agora, para se aposentar, professores do sexo masculino devem acumular uma experiência de no mínimo 30 anos de magistério, e as mulheres 25 anos, além de uma carência de 15 anos em ambos os casos.

CLIQUE AQUI e receba nossas PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Como Funciona a Pontuação para a Aposentadoria dos Professores?

A aposentadoria por pontos é uma das modalidades que foi ajustada. Nesse sistema, é preciso alcançar uma pontuação que varia de acordo com o gênero: 86 pontos para mulheres e 96 pontos para homens. Esses pontos são a soma da idade com o tempo de contribuição. Portanto, é essencial que os professores façam o planejamento previdenciário levando em conta não apenas os anos dedicados ao magistério, mas também como essa soma influencia a pontuação total necessária.

Leia mais: Liberado! Restituição do Imposto de Renda Paga o Segundo Lote Hoje – Confira

Exemplo Prático de Aposentadoria de um Professor

Considerando uma professora que tenha 27 anos de trabalho no magistério e deseja se aposentar no ano seguinte, precisará verificar sua pontuação total. Se essa professora tiver 59 anos de idade, somando esse número aos 27 anos de magistério, ela atingiria os 86 pontos necessários para a aposentadoria. Importante ressaltar que, a cada ano, as exigências de pontuação podem aumentar, fazendo com que seja vital estar sempre atualizado com as regras vigentes.

Leia mais: Atenção: Reforma do Regimento Interno da Câmara dos Deputados Promete Punir. Entenda! – Diário de Notícias

Infelizmente, ainda é comum que profissionais da educação não recebam todas as informações necessárias pelos canais oficiais, o que pode acarretar uma aposentadoria sem planejamento ou tardia. Precisamos de clareza e transparência nas informações previdenciárias para que nossos estimados educadores possam usufruir de uma aposentadoria merecida e adequada ao esforço dedicado ao longo de anos imprescindíveis à formação das novas gerações.

Leia mais: Juros do Cartão de Crédito: Como Evitar uma Armadilha Financeira

Além de se manter informado, é aconselhável que os professores busquem auxílio profissional para entender melhor as especificidades de seu caso. Desta forma, garantem um futuro mais seguro e tranquilo, aproveitando cada pedacinho da aposentadoria que planejaram.

Veja Também: AUMENTO DE VALORES

ATENÇÃO: NOVO AUMENTO de VALORES e LIBERAÇÃO de R$21.000 para TODOS!! (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.