INSS Divulga Reajuste para Benefícios Acima do Piso e Recebe Críticas

Confira a seguir, porque aumento das aposentadorias acima do mínimo gerou críticas entre aposentados.

0

Neste mês, o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começará a pagar a primeira parcela com o reajuste para mais de 39 milhões de aposentados e pensionistas. Os pagamentos vão ocorrer entre 25 de janeiro e 7 de fevereiro, seguindo o calendário completo abaixo.

Conforme a lei, as aposentadorias do INSS acima do salário mínimo terão o reajuste baseado no INPC de 2023, que aumentou 3,71% de janeiro a dezembro do ano passado.

Com o novo salário mínimo estabelecido para 2024, o valor mínimo da aposentadoria do INSS agora é de R$ 1.412, um aumento de 8,4% em comparação com os R$ 1.302 de 2023. Com o reajuste em toda a tabela, considerando o INPC do último ano, o valor máximo dos benefícios pagos pelo INSS agora é de R$ 7.786,02, antes era R$ 7.507,49. Veja a seguir mais informações a respeito do aumento do salário para quem ganha acima do salário mínimo.

Calendário INSS 2024

Aposentadoria gera insatisfação: Descubra porque beneficiários do INSS não estão satisfeitos com valor do aumento no salário! (Fonte: Edição/Jornal JF)
Aposentadoria gera insatisfação: Descubra porque beneficiários do INSS não estão satisfeitos com valor do aumento no salário! (Fonte: Edição/Jornal JF)

Em dezembro, o INSS divulgou o calendário de pagamentos para 2024 destinado a aposentados, pensionistas e beneficiários de auxílio-doença ou BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Leia mais: Reajuste nas Contribuições do INSS em 2024: Novas Regras e Como se Preparar

Os depósitos referentes a janeiro acontecerão de 25 de janeiro a 7 de fevereiro para quem recebe um salário mínimo. Já para os segurados com renda mensal superior ao salário mínimo, os pagamentos serão creditados a partir de 1º de fevereiro.

O INSS realiza pagamentos mensais para mais de 39 milhões de pessoas, sendo 5,6 milhões de benefícios assistenciais e 33,3 milhões de benefícios previdenciários. Esses números correspondem à folha de pagamento de novembro de 2023. Segundo o INSS, 26,1 milhões de pessoas recebem até um salário mínimo, enquanto 12,8 milhões recebem acima do piso nacional.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIAS do JORNAL JF pelo WhatsApp

INPC, para aposentadorias e pensões do INSS acima do mínimo, fica em 3,71%

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado em 2023, usado para calcular o aumento de aposentadorias e pensões do INSS acima do salário mínimo, foi de 3,71%, como divulgado pelo IBGE nesta quinta-feira.

Esse índice afetará cerca de 12,8 milhões de benefícios, incluindo aposentadorias, pensões e auxílios, que estão acima do salário mínimo.

Leia mais: Fila do INSS Continua: Ministro Promete Redução para 30 Dias até 2024

Como já mencionado pelo governo no início da semana, neste ano, os aposentados e pensionistas que recebem mais do que o salário mínimo terá apenas a reposição da inflação medida pelo INPC. Portanto, não haverá aumento real para esse grupo.

Essa notícia gerou críticas entre o grupo de segurados com salários superiores ao mínimo, pois já faz anos que esses beneficiários não têm um aumento com ganho real.  Por isso, o novo reajuste não agradou a esses beneficiários.

Reajuste proporcional

Aqueles que se aposentaram, começaram a receber pensão ou auxílio em 2023 com benefícios acima do mínimo não terão o aumento de 3,71% integralmente. O ajuste será proporcional ao tempo em que o INSS vem pagando o benefício. Nesse sentido, a tabela com a escala do índice de correção para cada situação será divulgada nesta quinta ou sexta-feira.

Leia mais: O que é inteligência artificial e como usar alguns APP’s?

O INSS também deve informar os novos valores corrigidos para benefícios como renda mensal vitalícia e auxílio-reclusão.

Em relação aos pagamentos, o INPC, que mede a inflação para famílias com renda mensal de até cinco salários mínimos e ajusta os benefícios do INSS acima do piso, ficou abaixo do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, que acumulou 4,62% em 2023.

Veja Também:

INSS CONFIRMA NOVOS VALORES do SALÁRIO MINÍMO 2024 – NOVA MARGEM dos CONSIGNADOS (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.